Home PageMapa do SiteImprimir

Imprimir

Conselho Fiscal de Responsabilização e Controlo da Amnistia Internacional Portugal 2015/2018

PRESIDENTE:

Paulo Corte-Real

Nascido em 1974, em Lisboa, é doutorado em Economia pela Harvard University. É Professor na Universidade Nova de Lisboa (Nova School of Business and Economics). Para além de ser membro da Amnistia Internacional Portugal, tem feito trabalho voluntário na área dos Direitos Humanos desde 2002. Membro da ILGA Portugal desde 2003, foi Vogal da Direção no mandato 2005/2008, Presidente da Direção nos mandatos 2008/2011 e 2011/2014 e é atualmente Vice-Presidente da Direção. Em 2011, foi eleito para a Direção da ILGA-Europe (a Região Europeia da ILGA - International Lesbian, Gay, Bisexual, Trans and Intersex Association), tendo assumido o papel de Co-Secretário da Direção até ao final do mandato, em 2013. Foi então reeleito para a Direção, tendo passado a assumir o papel, que ainda desempenha, de Co-Chair (Co-Presidente) da mesma organização. 
 
 
VICE-PRESIDENTE:
 
António Belo
Nasceu em 1966, é Doutor em Comunicação Social pela Universidade Complutense de Madrid. Presidente do Conselho Pedagógico da Escola Superior de Comunicação Social e Pró-Presidente do Instituto Politécnico de Lisboa. Foi presidente do CIMDE – Centro de Investigação Media e Democracia (atualmente ICML – Instituto de Comunicação e Media de Lisboa), onde tem desenvolvido diversos projetos de investigação na área da comunicação, sendo coautor de alguns livros nesta área.
 
Membro da Amnistia Internacional - Portugal desde 2008, foi vogal da direção entre 2010-2012 e Secretário da Direção 2012-2015. Integrou a delegação da AI Portugal presente no ICM 2011 (Noordwicherout).Integrou o  júri do prémio Dignitas, instituído pela APD e que premeia os melhores trabalhos nos media portuguese que promovam a dignidade das pessoas com deficiência, os seus direitos humanos e a inclusão social, nas suas primeiras edições. É um dos coordenadores do ciclo de seminários “Conversando sobre os direitos das crianças” integrado na Unidade Curricular Direitos Humanos e da Criança, do 1º ano da licenciatura em Educação Básica da Escola Superior de Educação de Lisboa, cuja edição de 2011 foi publicada em livro.
 
 
SECRETÁRIA:
 
Mariana de Sousa Violante
Nasceu em 1987 e é de Leiria. Fez uma pós graduação em "Conflict Gorvernance and International Development", no ano letivo de 2010/2011, através da University of East Anglia, em Norwich, Reino Unido e é formada em Ciência Política e Relações Internacionais, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.
 
O seu percurso na AI Portugal começou em Fevereiro de 2012, quando se tornou uma recrutadora no Projeto "Face to Face", ano em que também se tornou membro e apoiante da Amnistia Internacional Portugal. Desde então tem vindo a aprofundar o seu interesse por esta organização e pela defesa dos direitos humanos através da participação nas iniciativas da organização e de um ativismo consciente da necessidade de engajar mais jovens nesta causa. Acredita em tornar a educação formal e informal num instrumento capaz de contagiar, não só os jovens, mas também, a sociedade em geral para que se interesse pela defesa e observação dos direitos humanos no nosso país e também estender solidariamente essa defesa para o resto do mundo. Essa é a razão pela qual tem vindo a participar na Rede de Ação Jovem da Amnistia Internacional (ReAJ) desde 2012. 
 
Foi membro do Conselho Fiscal de Responsabilização e Controlo em 2014/2015. Fez uma pós graduação em "Conflict Gorvernance and International Development", no ano letivo de 2010/2011, através da University of East Anglia, em Norwich, Reino Unido e é formada em Ciência Política e Relações Internacionais, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.