Home PageMapa do SiteImprimir

Uncategorised

segunda, 15 maio 2017 12:01

"Find Fix Finish” vence prémio AI no festival de cinema IndieLisboa

FindFixFinishO documentário experimental “Find Fix Finish”, de Mila Zhluktenko, Sylvain Cruiziat (Alemanha), foi o vencedor do prémio Amnistia Internacional na 14ª edição do festival de cinema independente IndieLisboa.

 
terça, 02 maio 2017 16:40

Dia de Ação Global: 

#FreeTurkeyMedia

Dia Mundial da Liberdade de Imprensa

3 de maio de 2017 

 

A Turquia é o país que mais prende jornalistas no mundo e em 2016 era nas prisões turcas que estava um terço de todos os profissionais dos meios de comunicação social então detidos.

O direito à liberdade de expressão tem sido cada vez mais restringido no país, com os jornalistas a serem um alvo particular desde a tentativa de golpe falhado de 15 de julho de 2016.

O jornalismo não é crime. Os jornalistas e os restantes profissionais dos meios de comunicação social têm de ser libertados!

Naquele que é o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, assinalado a 3 de maio, pessoas de todo o mundo estão a mostrar a sua solidariedade para com os jornalistas presos na Turquia, pressionando as autoridades a acabarem com a perseguição aos profissionais da comunicação social. 

É muito simples! 

Basta tirar uma selfie com um cartaz a dizer #FreeTurkeyMedia - que pode descarregar aqui - e partilhá-lo no Facebook, Twitter ou Instagram com esse hashtag.

Participe e acompanhe esta ação no Twitter, na conta @FreeTurkeyMedia ou @AmnistiaPT.

Assine ainda a petição dirigida ao Ministro da Justiça, 
Bekir Bozdağ.

BotaoTurquia

 

 

 

 
segunda, 03 abril 2017 16:01

O que torna o Mohamed e o Miguel diferentes?

RS 2016.02.12 AI REFUGIADOS 6 150Os dois nasceram em Portugal, com um mês de diferença. Ambos começam a dar os primeiros passos e a ver nascer os primeiros dentes. Porém, a vida na barriga das mães foi bem diferente. O Miguel teve uma gravidez tranquila, sem sair de Portugal. A mãe de Mohamed fugiu da guerra na Síria e enfrentou o mar num barco sobrelotado. Uma viagem perigosa para que hoje, e para sempre, os dois possam ser iguais.

 

 
quarta, 05 abril 2017 15:24

 
sexta, 31 março 2017 19:10

IRS Explicado

5 razões para consignar o seu IRS à 

Amnistia Internacional, sem custos

 

1 - Com 0,5% salvamos vidas

Com o seu apoio chegamos, em qualquer parte do mundo, pessoas que estão condenadas à
morte, a ser perseguidas, ameaçadas ou injustamente detidas e lançamos apelos urgentes
para que sejam salvas, agora.

 

2 - Com 0,5% investigamos e denunciamos

Com a sua ajuda enviamos investigadores em missão ao terreno. Vamos onde estão a
acontecer as mais graves violações de direitos humanos, recolhemos provas, denunciamos
e exigimos que a mudança aconteça. 

 

3 - Com 0,5% forçamos governos a mudar

Com o seu apoio criamos campanhas de longa duração que exigem aos governos mudanças
efetivas, seja nas leis do país ou nas políticas que estão a ser adotadas. 

 

4 - Com 0,5% educamos as gerações futuras

Com a sua ajuda estamos em escolas de todo o país, para garantir que as gerações futuras
conhecem bem os seus direitos humanos, sabem reconhecer quando estão a ser ameaçados
e dominam os passos a dar para exigir que sejam respeitados.

 

5 - Com 0,5% formamos ativistas

Graças a si estamos a criar uma sociedade informada e inconformada. Damos ferramentas
aos cidadãos comuns para que se transformem em ativistas e garantam eles próprios que
os direitos humanos são iguais para todos.

Conseguir tudo isto não tem qualquer custo para si e torna o mundo
melhor, 0,5% de cada vez.

Consignar o seu IRS não tem custos para si. Todos os impostos que paga ao Estado são
para despesas públicas à escolha do Estado. Normalmente não pode exigir que esse dinheiro
seja aplicado em determinado fim. A única exceção a esta regra é a possibilidade de destinar
0,5% do seu IRS a uma instituição à sua escolha. 

No fundo, está a dizer que 0,5% dos impostos que já pagou vão ser usados para ajudar a salvar vidas. O mundo agradece!

 

 

5 passos para consignar o seu IRS à Amnistia Internacional

  1. Quando estiver a preencher a declaração de IRS, no Modelo 3 procure o Quadro 11 (Consignação de 0,5% do IRS/Consignação do Benefício de 15% do IVA suportado)
  2. Do lado esquerdo, faça um X na segunda opção: “Instituições particulares de solidariedade social ou pessoas coletivas de utilidade pública”
  3. Do lado direito, faça um X onde diz IRS
  4. Ainda do lado direito, coloque o NIF (número de identificação fiscal): 501 223 738
  5. Pode ainda optar por fazer também um X onde se lê “IVA”, transformando em donativo o retorno do IVA que iria para si das despesas com “manutenção de automóveis e motociclos”, “restauração e alojamento” e “cabeleireiros e institutos de beleza”. Neste caso abdica deste valor. Se apenas assinalar a opção “IRS” não tem qualquer custo. 

Agora que já sabe tudo isto, espalhe a mensagem pelos seus amigos e familiares.

Se ainda não acredita que é assim tão fácil, experimente...

mundomelhor

IRS Explicado

 

 

COOPTAXIS Gráfica Central Logo MOP cor baixo rtp positivo vert RGB1 galo branco