Home PageMapa do SiteImprimir

MENA

terça, 26 julho 2011 11:04

 

Website da Amnistia Internacional bloqueado na Arábia Saudita

O acesso ao website da Amnistia Internacional foi bloqueado na Arábia Saudita, após a organização ter criticado o Projecto-lei anti-terrorismo que iria reprimir os protestos pacíficos no reino.

 
segunda, 25 julho 2011 11:15

 

Projecto-lei Anti-terrorismo da Arábia Saudita vai reprimir protestos pacíficos

altO Projecto-lei anti-terrorismo da Arábia Saudita, ao qual a Amnistia Internacional teve acesso, permitirá acusar dissidentes pacíficos de crimes de terrorismo.
 
A organização obteve uma cópia do Projecto-lei para a Punição de Crimes de Terrorismo e Financiamento de Actividades Terroristas, que também permitirá aumentar o período de detenção sem acusação ou julgamento. Questionar a integridade do Rei ou do Príncipe levará a uma pena de prisão no mínimo de 10 anos.

 
quinta, 07 julho 2011 10:01

Relatório revela crimes contra a humanidade numa cidade da Síria

 
altOs métodos brutais usados numa devastadora operação das forças de segurança sírias, na cidade de Tell Kalakh, no oeste do país, podem ser considerados crimes contra a humanidade, divulgou, no dia 6 de Julho, a Amnistia Internacional num novo relatório.

 
terça, 28 junho 2011 09:24

 

Tunísia adere ao Tribunal Penal Internacional

No dia 24 de Junho, a Tunísia tomou um importante passo em direcção ao respeito pelos direitos humanos, aderindo ao Tribunal Penal Internacional (TPI). Numa cerimónia na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque, a Tunísia tornou-se o 116º Estado-membro do Estatuto de Roma, que instituiu o TPI para investigar e processar casos de genocídio, crimes de guerra e crimes contra a humanidade, em todo o mundo.

 
quarta, 08 junho 2011 17:55

A Deportação de Eman Al-Obeidi do Qatar para a Líbia viola o Direito Internacional

altA 3 de Junho, a Amnistia Internacional declarou que a deportação de Eman al-Obeidi, que acusou publicamente de violação soldados líbios, violou o direito internacional.

 
terça, 07 junho 2011 15:15

ONU instada a agir, após fim-de-semana sangrento na Síria

altA Amnistia Internacional condenou o tratamento cruel de que foram vítimas os manifestantes por parte das autoridades sírias, após um dos fins-de-semana mais sagrentos desde que as manifestações pro-reforma tiveram início na Síria, alegadamente mais de 120 pessoas terão sido mortas a tiro.

 
sexta, 03 junho 2011 10:11

 

Egipto: responsáveis por ‘testes de virgindade’ devem ser levados à justiça

altAs autoridades egípcias devem levar à justiça todos os responsáveis por ordenar ou realizar ‘testes de virgindade’ à força, afirmou a Amnistia Internacional no dia 31 de Maio, após a declaração anónima de uma figura militar sénior que confirma que o exército sujeita as mulheres manifestantes a estes testes.

 
quinta, 02 junho 2011 15:01

 

Líbia: desaparecimentos forçados na região de Nafusa têm de terminar

altDezenas de pessoas desapareceram na área das Montanhas de Nafusa, na Líbia, ao que tudo indica pelas mãos de forças leais ao Coronel al-Kaddafi, afirmou no dia 27 de Maio a Amnistia Internacional durante o lançamento de um novo relatório sobre a deterioração das condições na região ocidental do país.

 
quinta, 19 maio 2011 11:36

Egipto: Vítimas de repressão violenta merecem justiça

altA Amnistia Internacional lançou um relatório sobre os abusos que provocaram pelo menos 840 mortos no Egipto, alertando as autoridades daquele país para a necessidade de estas proverem justiça às vítimas da repressão violenta que teve lugar no início do ano, aquando dos protestos contra o governo.

 
quarta, 18 maio 2011 00:00

É urgente investigar os relatos sobre valas comuns na Síria

altA Amnistia Internacional afirmou, no dia 17 de Maio, que as autoridades sírias devem realizar uma investigação imparcial sobre os relatos que apontam para a descoberta de uma vala comum próxima da cidade de Dera’a, assim como sobre as circunstâncias que envolveram estas mortes.

 

Pág. 26 de 28