Home PageMapa do SiteImprimir

MENA

segunda, 22 maio 2017 13:25

Amnistia Internacional Portugal faz ouvir cartas em defesa de Eren Keskin à embaixada da Turquia em Lisboa

SiteFOTOturquiaAçãoErenMAISpurgaPT

 

Ativistas da Amnistia Internacional Portugal fizeram ouvir um protesto, esta segunda-feira, 22 de maio, às portas da embaixada da Turquia em Lisboa, depois de a missão diplomática ter recusado receber as mais de 60 mil cartas assinadas, só em Portugal, em defesa da advogada Eren Keskin, e em crítica firme da repressão a que se assiste naquele país, mais intensamente desde a tentativa de golpe de Estado de julho passado.

 
quinta, 06 abril 2017 13:49

Conselho de Segurança da ONU tem de agir de forma decisiva na Síria após ataque químico em Idlib

SiteFOTOsiriaAtaqueQuimicoIdlibONU

 

Provas recolhidas no terreno indiciam ter sido usado um agente nervoso num ataque com armas químicas lançado por via aérea, em que morreram mais de 80 pessoas e centenas ficaram feridas, em Khan Sheikhiun, na província de Idlib, no Norte da Síria, na terça-feira, 4 de abril, é confirmado pela Amnistia Internacional. A organização de direitos humanos considera também que, face ao raide que se seguiu na madrugada desta sexta-feira, 7 de abril, pelos Estados Unidos contra uma base aérea na Síria, é imperativo que o Presidente norte-americano, Donald Trump, revogue a proibição e restrições à entrada no país de refugiados. (artigo atualizado a 7 de abril)

 
terça, 04 abril 2017 13:39

Justiça e direitos humanos têm de estar no centro das conversações da conferência de Bruxelas sobre a Síria

SiteFOTOsiriaYarmoukCrimesGuerraRepresentantes da União Europeia, das Nações Unidas e de numerosos países reúnem-se esta quarta-feira, 5 de abril, em Bruxelas, na conferência “Apoio ao futuro da Síria e da região” – um momento crucial para que seja garantida a verdade e a justiça às vítimas do conflito e às suas famílias, insta a Amnistia Internacional.

 
terça, 28 março 2017 15:51

Civis mortos em Mossul por raides aéreos após seguirem conselho para permanecerem na cidade

SiteFOTOiraqueMossulterrenoMarço2017

 

Centenas de civis foram mortos em ataques aéreos contra as suas casas ou locais onde a população procurou abrigar-se dos combates em Mossul, depois de o Governo iraquiano ter recomendado que não abandonassem a cidade durante a ofensiva para recuperar o controlo daquele território das mãos do grupo armado autoproclamado Estado Islâmico, conclui a Amnistia Internacional na sequência de uma investigação feita no terreno.

 
quinta, 23 março 2017 15:37

Reino Unido e EUA vendem dez vezes mais em armas do que ajudam os civis devastados pela guerra no Iémen

SiteFOTOiemenEscolasBombardeadasBriefingOs Estados Unidos e o Reino Unido estão a alimentar graves violações de direitos humanos que causam um sofrimento devastador nas populações civis no Iémen, através de transferências multimilionárias de armamento para a Arábia Saudita que largamente excedem os esforços de ajuda humanitária àquele país imerso em conflito há já dois anos, alerta a Amnistia Internacional.

 
sexta, 17 março 2017 21:32

Esta foi uma semana com um misto de emoções...

A poucos dias de celebrar o Dia do Pai, vale a pena ver o vídeo sobre Alan Mohammad, feito pela equipa da Amnistia Internacional. Depois de mais de um ano separados, e de uma viagem demasiado perigosa para fugir da Síria, pai e filho voltam a encontrar-se na Alemanha.

Veja o vídeo:

Sentiu o mesmo que nós?

A emoção não deixa margem para dúvidas. É assim que se sente quem faz a escolha certa. E nesta que é a pior crise de refugiados desde a II Guerra Mundial, só há um caminho a seguir: #EuAcolho.

Infelizmente histórias como a de Alan são a exceção e não a regra. A 15 de março passaram seis anos desde o início da crise na Síria e os números falam por si. Um em cada 100 civis sírios foram assassinados nos últimos seis anos, 50% da população que está no país precisa de assistência humanitária e 20% tornou-se refugiada. São 4,8 milhões de pessoas que precisam de proteção.

Quando o discurso de ódio e de divisão se alastra pelo mundo, é preciso escolhermos ficar unidos. Assinem a petição que pede aos líderes europeus que cumpram a sua promessa e acolham os refugiados e partilhem.

Juntos somos mais fortes! Assine!

EU ASSINO2323

 
quarta, 15 março 2017 02:52

Seis anos de crise na Síria: está na altura de fazer justiça

226072 Siria creditadaO sonho de Alan Mohammad torna-se realidade, seis anos após o início da crise na Síria. O refugiado chega à Alemanha com a irmã Gyan depois de uma viagem quase impossível. Uma história emocionante que não faz esquecer os números: 1 em cada 100 civis sírios foram assassinados nos últimos seis anos, 50% da população que está no país precisa de assistência humanitária e 20% tornou-se refugiada.

 
terça, 07 fevereiro 2017 16:04

Investigação expõe campanha secreta do Governo sírio de enforcamentos e extermínio na Prisão de Saydnaya

SiteFOTOsiriaMatadouroHumanoPrisaoSaydnaya Relatorio

 

Um perturbante novo relatório de investigação feita pela Amnistia Internacional expõe a campanha deliberada de execuções extrajudiciais do Governo sírio, com recurso a enforcamentos em larga escala na Prisão de Saydnaya. Entre 2011 e 2015, todas as semanas, frequentemente até duas vezes por semana, grupos de até 50 pessoas foram levadas das suas celas e enforcadas – em cinco anos, foram pelo menos 13 000 detidos, na maioria civis vistos como opositores ao Governo, enforcados em segredo naquela infame prisão militar da Síria.

 
sexta, 13 janeiro 2017 16:08

Arábia Saudita intensifica repressão contra ativistas de direitos humanos

SiteFOTOarabiasauditaNovaRepressao

 

As autoridades da Arábia Saudita deram início ao ano de 2017 com o intensificar da repressão contra os ativistas de direitos humanos, desferindo um novo golpe brutal contra os derradeiros vestígios da já muito atacada sociedade civil no país, alerta a Amnistia Internacional.

 
quinta, 05 janeiro 2017 12:18

Fornecimentos irresponsáveis de armas alimentam crimes de guerra pelas milícias no Iraque

SiteFOTOiraqueArmasMiliciasXiitasRelatorioBlindEyeMilícias paramilitares que operam nominalmente como parte das forças armadas do Iraque no combate ao grupo armado autodenominado Estado Islâmico (EI) estão a usar armas dos arsenais militares iraquianos, fornecidas pelos Estados Unidos, países europeus, pela Rússia e pelo Irão, para cometerem crimes de guerra, ataques de vingança e outras atrocidades, documenta a Amnistia Internacional em novo relatório.

 

Pág. 1 de 27