Home PageMapa do SiteImprimir

China

domingo, 20 julho 2008 11:28

O Co-Grupo da China da Amnistia Internacional Portugal levou a cabo uma acção de rua, no passado dia 23 de Junho, com o objectivo de relembrar o público português que, a poucos dias do início dos Jogos Olímpicos de Pequim, continua a existir falta de liberdade de expressão na China e um sistema de detenções arbitrário.
 

 
sexta, 20 junho 2008 11:27

Jogos Olímpicos de Pequim - repressão da Imprensa

Com o fim de chamar a atenção para a falta de liberdade de imprensa na China, a Amnistia Internacional Portugal vai realizar uma acção de rua na próxima 2ª feira, dia 23 de Junho, na praça D. Pedro IV (Rossio) em Lisboa, entre as 17h30 e as 20h.
Durante esta acção estará montada naquele local uma réplica de uma prisão, em cujos muros estarão afixadas fotos de três prisioneiros chineses, condenados por delito de opinião Simultaneamente serão recolhidas assinaturas em abaixo-assinados apelando à sua libertação.

 
quinta, 12 junho 2008 11:26

Ontem, dia 11 de Junho, teve lugar na Fábrica Braço de Prata uma tertúlia inovadora. Nova no tema e nova na parceria. O tema foi os "Direitos Humanos e o Ambiente na contagem decrescente para os Jogos Olímpicos". A parceria incluiu membros da Amnistia Internacional e do GEOTA na apresentação do tema. Como reforça o texto que se segue, a discussão interligada destes dois temas, Direitos Humanos e Ambiente, foi uma espécie de "Ovo de Colombo": a genialidade de alguns a tornar o óbvio mais óbvio para todos.

 
terça, 03 junho 2008 11:21

Nos dias 4, 5 e 11 de Maio, a Amnistia Internacional organizou uma acção de rua com o objectivo de sensibilizar a população para as violações de direitos humanos cometidas na República Popular da China por causa dos Jogos Olímpicos.

Estas iniciativas espalharam-se por quatro pontos do país, conquistando a atenção dos portugueses para este problema e contando com cerca de 800 participações.

 
quarta, 23 abril 2008 11:18

Está a decorrer uma petição dirigida às autoridades chinesas relativa à pena de morte na China. A China tem o recorde de sentenças de pena de morte, que se aplica a 68 tipos diferentes de crimes. Por favor junte-se à AI nesta campanha e assine esta petição.

 
sexta, 14 março 2008 11:17

A Amnistia Internacional condenou hoje a forte repressão ao protesto pacífico na capital do Tibete, Lhasa. De acordo com relatos de testemunhas oculares, no dia 11 de Março,a polícia chinesa usou gás lacrimogéneo e bastões eléctricos para dispersar 500 manisfestantes que pretendem a libertação dos seus irmãos monges que foram detidos num protesto, no dia anterior.

 
terça, 12 fevereiro 2008 11:15

A Amnistia está seriamente preocupada com o facto de as autoridades chinesas estarem a  pressionar o activista dos Direitos Humanos, Hu Jia, para se considerar culpado de crimes contra a segurança nacional.
 

O facto surge a seis meses das Olimpíadas de Pequim marcadas para 8 de Agosto de 2008, e é a mais recente tentativa das autoridades para silenciar as críticas públicas dos activistas dos direitos humanos na China.

 
quinta, 01 março 2007 11:13
O relatório mais recente da Amnistia Internacional sobre a China denuncia a situação de milhões de trabalhadores migrantes que apesar de contribuírem para o crescimento económico do país são tratados como uma sub-classe urbana.
Apesar das reformas mais recentes, estes não estão no sistema nacional de saúde, não têm acesso à educação, vivem em locais terríveis e sobrelotados e são expostos a condições de trabalho de pura exploração.

 

Pág. 9 de 9