Home PageMapa do SiteImprimir

China

quarta, 14 janeiro 2009 11:39
A Amnistia Internacional teve conhecimento de que o acesso ao seu site principal, www.amnesty.org, foi novamente bloqueado na China continental. A organização apela às autoridades chinesas para o imediato restabelecimento do acesso ao site. Outros sites foram também bloqueados como parte de um esforço anunciado de libertar o domínio chinês de conteúdos “obscenos”. Roseann Rife, Vice-Directora do Programa Ásia Pacífico da Amnistia Internacional, entende que “estes retrocessos nos direitos humanos são inaceitáveis, especialmente agora que a China se prepara para apresentar, pela primeira vez, um Plano de Acção para os Direitos Humanos”.


O site já havia sido bloqueado e o acesso foi apenas restabelecido com a proximidade dos Jogos Olímpicos de Pequim 2008.

Saiba mais informações sobre este bloqueio.

 

 
quarta, 23 julho 2008 11:37

A Amnistia Internacional volta hoje a exigir a libertação imediata do activista pelos direitos humanos chinês Ye Guozhu, que deveria ser libertado no próximo sábado, dia 26 de Julho, tendo as autoridades informado a família que o pretendem manter preso até 1 de Outubro, altura em que os Jogos Olímpicos de 2008 já terão terminado.

 
terça, 15 julho 2008 11:33

Ao final da tarde de ontem, 14 de Julho, a Amnistia Internacional Portugal manifestou-se em frente à Embaixada chinesa, em mais uma acção de rua organizada pelo Co-Grupo da China. Num protesto silencioso, foram envergadas 16 faixas onde se podiam ler apelos dirigidos à República Popular da China, como o respeito pelos direitos humanos e o fim da censura e das execuções.
 

 
sexta, 11 julho 2008 11:31

Na próxima segunda-feira, dia 14 de Julho, o Co-Grupo da China irá promover mais uma acção de rua em torno da campanha dos Jogos Olímpicos de Pequim, frente à Embaixada da República Popular da China, na Rua do Pau da Bandeira (junto ao Hotel Lapa Palace), pelas 18 horas.

 
domingo, 20 julho 2008 11:28

O Co-Grupo da China da Amnistia Internacional Portugal levou a cabo uma acção de rua, no passado dia 23 de Junho, com o objectivo de relembrar o público português que, a poucos dias do início dos Jogos Olímpicos de Pequim, continua a existir falta de liberdade de expressão na China e um sistema de detenções arbitrário.
 

 
sexta, 20 junho 2008 11:27

Jogos Olímpicos de Pequim - repressão da Imprensa

Com o fim de chamar a atenção para a falta de liberdade de imprensa na China, a Amnistia Internacional Portugal vai realizar uma acção de rua na próxima 2ª feira, dia 23 de Junho, na praça D. Pedro IV (Rossio) em Lisboa, entre as 17h30 e as 20h.
Durante esta acção estará montada naquele local uma réplica de uma prisão, em cujos muros estarão afixadas fotos de três prisioneiros chineses, condenados por delito de opinião Simultaneamente serão recolhidas assinaturas em abaixo-assinados apelando à sua libertação.

 
quinta, 12 junho 2008 11:26

Ontem, dia 11 de Junho, teve lugar na Fábrica Braço de Prata uma tertúlia inovadora. Nova no tema e nova na parceria. O tema foi os "Direitos Humanos e o Ambiente na contagem decrescente para os Jogos Olímpicos". A parceria incluiu membros da Amnistia Internacional e do GEOTA na apresentação do tema. Como reforça o texto que se segue, a discussão interligada destes dois temas, Direitos Humanos e Ambiente, foi uma espécie de "Ovo de Colombo": a genialidade de alguns a tornar o óbvio mais óbvio para todos.

 
terça, 03 junho 2008 11:21

Nos dias 4, 5 e 11 de Maio, a Amnistia Internacional organizou uma acção de rua com o objectivo de sensibilizar a população para as violações de direitos humanos cometidas na República Popular da China por causa dos Jogos Olímpicos.

Estas iniciativas espalharam-se por quatro pontos do país, conquistando a atenção dos portugueses para este problema e contando com cerca de 800 participações.

 

Pág. 9 de 10