Home PageMapa do SiteImprimir

Imprimir
segunda, 14 dezembro 2015 14:38

Liberdade Já! apresenta debate e exposição de arte em Lisboa pelos prisioneiros de consciência angolanos

O movimento Liberdade Já! Leva ao LX Factory, esta terça-feira, 15 de dezembro, uma exposição e um debate sobre os direitos humanos em Angola – e em particular os direitos de liberdade de expressão e de reunião –, que conta com a participação da investigadora para a Lusofonia da Amnistia Internacional África Austral, Sílvia Norte, e com António Pedro Dores, professor do Departamento de Sociologia e do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia do ISCTE-IUL.

A sessão de debate realiza-se a partir das 18h e tem agendada também uma discussão aberta sobre os caso dos 15+2 ativistas angolanos que estão a ser julgados em Luanda, incluindo Luaty Beirão, que esteve 36 dias em greve de fome em protesto contra os abusos de direitos humanos em Angola.

A exposição, com curadoria de Serena Mancini, irmã de Luaty Beirão, e com obras doadas por vários artistas, decorre até às 22h, e tem ainda uma oficina de produção ongoing, aberta a todos: tudo no espaço do Balneário Lx Factory, em Lisboa (Rua Rodrigues Faria, 103, Pav I - 3º andar, espaço 3.21). Este evento, de entrada livre e organizado pelo Liberdade Já!, tem ainda uma atuação da DJ Lady G Brown.

 

A Amnistia Internacional tem uma petição dirigida ao Ministro da Justiça e ao Procurador-geral angolanos em que se insta à libertação imediata dos 15 ativistas. Junte-se às quase 39.800 pessoas que já deram voz a este apelo: Assine!