Home PageMapa do SiteImprimir
 
STOP Tortura

Notícias

quinta, 04 dezembro 2014 11:20

Cultura de impunidade na polícia das Filipinas exige que o Governo faça cumprir a Lei Contra a Tortura

Uma enraízada cultura de impunidade permite às forças policiais nas Filipinas agirem sem qualquer apuramento de responsabilidades, é exposto no novo relatório da Amnistia Internacional que marca o arranque de uma forte campanha da organização de direitos humanos para erradicar as práticas de tortura naquele país.

 
segunda, 24 novembro 2014 15:16

Nenhum refúgio para torturadores: o atribulado caminho da Convenção contra a Tortura

 

O percurso não foi fácil, encontrou resistências e hesitações, mas chegados a 1973 tudo começou a encaminhar-se para o momento perfeito de dar os passos para consagrar na legislação internacional o crime de tortura, e vincular os Estados a tudo fazerem para julgar os responsáveis por esta prática cruel nos seus territórios e em outros países. Este é o primeiro de uma série de artigos com que a Amnistia Internacional marca os 30 anos da aprovação da Convenção contra a Tortura nas Nações Unidas, cumpridos no próximo 10 de dezembro.

 
terça, 04 novembro 2014 15:50

Tertúlia da AI Estremoz sobre a tortura conta com testemunhos de antigos presos do regime salazarista

O Núcleo de Estremoz da Amnistia Internacional Portugal leva esta quarta-feira, 5 de novembro, à Biblioteca Municipal da cidade, uma tertúlia integrada na campanha STOP Tortura, contando com a presença e testemunhos de Domingos Abrantes e Conceição Matos, dois antigos presos do regime salazarista.

 
quarta, 24 setembro 2014 14:43

Contagem decrescente para salvar a vida de Moses

Moses era um adolescente como tantos outros, até ao dia em que foi preso, torturado e condenado à morte por enforcamento. Foi a 27 de novembro de 2005, tinha o nigeriano 16 anos e foi acusado de roubar três telemóveis. Agora temos uma boa oportunidade para lhe salvar a vida.

 
quinta, 18 setembro 2014 12:01

Câmaras da tortura na Nigéria: os relatos dos que desceram aos infernos

A polícia e o Exército nigerianos torturam de forma rotineira homens, mulheres e crianças – algumas com apenas 12 anos – com recurso a métodos que vão dos espancamentos e choques elétricos, a tiros e à violação, é exposto em novo relatório da Amnistia Internacional.

 

Pág. 4 de 5