Home PageMapa do SiteImprimir
 

Relatórios

terça, 30 setembro 2014 07:37

O número de mortos no Mediterrâneo continua a aumentar enquanto a Europa desvia o olhar

Um ano após os naufrágios de Lampedusa, Itália, quando mais de 500 pessoas perderam a vida, a Amnistia Internacional aponta o dedo à inação dos países da União Europeia face ao escalar do número de mortos no Mediterrâneo. A Europa desvia o olhar quando milhares de refugiados e migrantes procuram, em desespero, chegar às suas costas. Dados publicadosno novo relatório, lançado esta terça-feira, 30 de setembro.

 
quarta, 09 julho 2014 01:01

SOS Europa: as políticas europeias de migração estão a pôr em risco vidas e direitos humanos

 

Na determinação cega de fechar fronteiras, a União Europeia e os seus estados membros estão a pôr em risco as vidas e os direitos de refugiados e migrantes, alerta a Amnistia Internacional num novo relatório que expõe o elevadíssimo custo humano das políticas de migração da "Fortaleza Europa".

 
terça, 01 julho 2014 08:56

Famílias destroçadas com a recusa do Líbano em deixar entrar refugiados palestinianos em fuga da Síria

Os refugiados palestinianos que fogem da guerra na Síria – incluindo grávidas, crianças, e mulheres com filhos muito pequenos – têm visto ser-lhes negada entrada no Líbano, com a entrada em vigor de mais apertadas restrições fronteiriças adotadas pelas autoridades de Beirute, alerta a Amnistia Internacional.

 
terça, 20 maio 2014 19:55

Refugiados sírios no Líbano desesperados por cuidados médicos perante a apatia internacional

A grave carência no apoio internacional está a deixar muitos refugiados sírios no Líbano sem acesso a cuidados médicos segundo um novo relatório da Amnistia Internacional. A situação é tão desesperada que em alguns casos os refugiados têm que regressar à Síria para receberem o tratamento de que necessitam. 

 
terça, 29 abril 2014 01:01

Grécia tem de parar com as expulsões vergonhosas de refugiados e migrantes

A União Europeia tem de penalizar a Grécia pelo seu fracasso em erradicar as rotinas e práticas generalizadas de expulsão de refugiados e migrantes que chegam às fronteiras do país em busca de proteção, segurança e um futuro melhor na Europa, insta a Amnistia Internacional.

 

Pág. 5 de 7