Home PageMapa do SiteImprimir
 

Relatórios

segunda, 11 maio 2015 00:01

Abusos horríveis na Líbia estão a forçar os migrantes a arriscarem a vida na travessia do Mediterrâneo

 

Migrantes e refugiados por toda a Líbia arriscam-se a violações, tortura e a serem raptados para a obtenção de resgates por traficantes e contrabandistas, assim como a serem brutalmente explorados pelos patrões, a sofrerem perseguição religiosa e muitos outros abusos às mãos de grupos armados e grupos criminosos, é apurado em novo relatório da Amnistia Internacional.

 
quarta, 22 abril 2015 12:04

AI avança “Plano de Ação” para pôr fim às mortes de refugiados e migrantes no Mediterrâneo

 

A Amnistia Internacional publica um “Plano de Ação”, na véspera da cimeira de chefes de Governo da União Europeia convocada de urgência para esta quinta-feira, 23 de abril, que insta os líderes europeus a adotarem medidas imediatas e eficientes para acabar com a continuada catástrofe que está a causar a morte a milhares de refugiados e migrantes no mar Mediterrâneo.

 
quarta, 04 fevereiro 2015 00:16

As histórias por contar dos refugiados sírios mais vulneráveis

 

Um novo relatório da Amnistia Internacional põe em destaque a face humana da crise de refugiados da Síria, através das histórias de oito pessoas e famílias que fugiram do conflito e lutam para sobreviver no Líbano, na Jordânia e no Iraque.

 
sexta, 05 dezembro 2014 00:01

Comunidade internacional está a responder de forma deplorável à crise dos 4 milhões de refugiados sírios

 

Os líderes mundiais estão a falhar de forma flagrante na muito necessária oferta de proteção aos mais vulneráveis refugiados sírios, com consequências catastróficas, avisa a Amnistia Internacional num novo relatório divulgado em antecipação à conferência das Nações Unidas em Genebra a 9 de dezembro.

 
quinta, 20 novembro 2014 08:30

Abusos nas fronteiras da Turquia e pobreza extrema agravam o sofrimento dos refugiados sírios

O falhanço da comunidade internacional em dar resposta ao número crescente de refugiados sírios que fogem para a Turquia conduziu a uma crise de proporções sem precedentes, com estas pessoas a serem empurradas de volta para o outro lado da fronteira e a verem ser disparados tiros na sua direção, e ainda centenas de milhares a viverem em condições de pobreza extrema, denuncia a Amnistia Internacional em novo relatório.

 

Pág. 4 de 7