Home PageMapa do SiteImprimir
 
O Meu Corpo, os Meus Direitos

Notícias

quarta, 15 julho 2015 16:31

Eleições no Burkina Faso têm de pôr a eliminação dos casamentos forçados e precoces no topo da agenda

 

O Burkina Faso vive atualmente uma crise generalizada em todo o país de casamentos forçados e precoces, de gravidezes indesejadas e de uma praticamente nula educação sexual que reduz milhares de raparigas e mulheres a cidadãs de segunda classe, alerta a Amnistia Internacional, instando as autoridades – e os candidatos às eleições presidenciais e legislativas de 11 de outubro – a encontrarem soluções urgentes.

 
quarta, 08 julho 2015 13:01

Mais de dois terços dos irlandeses querem descriminalização do aborto e mostram que Governo deve fazer urgentemente um referendo

O Governo da Irlanda está sob uma cada vez maior pressão pública para encetar reformas à lei da interrupção voluntária da gravidez no país – que é uma das mais restritivas no mundo inteiro –, sustenta a Amnistia Internacional com a publicação dos resultados de uma sondagem de opinião feita aos irlandeses sobre o aborto.

 
terça, 09 junho 2015 11:00

Leis do aborto na Irlanda tratam as mulheres como não mais que úteros

Mulheres e raparigas grávidas têm as vidas e a saúde em risco na Irlanda, alerta a Amnistia Internacional com base num novo relatório da campanha global "O Meu Corpo, os Meus Direitos” que analisa a lei de interrupção voluntária da gravidez naquele país.

 

Pág. 4 de 9