Home PageMapa do SiteImprimir
 
O Meu Corpo, os Meus Direitos

Notícias

sexta, 14 agosto 2015 09:33

Criança paraguaia sobrevivente de violação tem um bebé, com o Paraguai a fazer valer lei draconiana antiaborto

 

A criança paraguaia que ficou grávida aos dez anos depois de repetidas violações, alegadamente pelo próprio padrasto, teve o parto esta quinta-feira, 13 de agosto, recordando de forma trágica a necessidade urgente de o Paraguai acabar com as draconianas leis que impedem a interrupção voluntária da gravidez, sustenta a Amnistia Internacional.

 
quinta, 06 agosto 2015 16:24

Irlanda abandona 4.000 mulheres e raparigas à sua sorte todos os anos

Ativistas da Amnistia Internacional levaram às ruas de Dublin, na Irlanda, uma ação de protesto contra as restritivas leis de interrupção voluntária da gravidez no país, que deixam 4.000 mulheres e raparigas abandonadas à sua sorte todos os anos. Às portas do gabinete do primeiro-ministro irlandês foram colocadas esta quinta-feira, 6 de agosto, 80 malas, representando o número de raparigas e mulheres que a cada semana se veem forçadas a viajar para fora do país para conseguirem aceder a um aborto legal e seguro.

 
terça, 28 julho 2015 16:39

Amnistia Internacional Portugal repudia restrições aos direitos sexuais e reprodutivos das mulheres

A Assembleia da República votou este mês alterações à lei do aborto que para a Amnistia Internacional impõem restrições aos direitos sexuais e reprodutivos das mulheres.

 

Pág. 3 de 9