Home PageMapa do SiteImprimir

Imprimir
terça, 20 maio 2008 00:00

Conferência Diplomática sobre Munições de Fragmentação

alt

Está a decorrer em Dublin, entre os dias 19 e 30 de Maio, a Conferência Diplomática sobre Munições de Fragmentação onde governos de todo o mundo irão negociar o mais importante tratado da década com o objectivo de banir as bombas de fragmentação e aumentar a assistência às suas vítimas.

Para poderem participar na conferência de Dublin, 116 governos assinaram, até à data, a declaração de Wellington, que propõe o texto do Tratado sobre Munições de Fragmentação, mas será nesta conferência que o texto final do tratado será aprovado.

Ajude-nos a garantir que esta oportunidade não é desperdiçada.


Vá a http://www.stopclustermunitions.org/take-action/contact-government/, e envie um e-mail para os Ministros dos Negócios Estrangeiros dos países que estão a dificultar a aprovação do tratado.


Carta aos Ministros dos Negócios Estrangeiros (tradução)
Exmo Srº Ministro,

As bombas de fragentação têm continuamente matado e ferido civis nos ultimos 40 anos, desde Laos ao Libano. Elas matam indiscriminadamente civis no momento dos ataques e muitas vezes não explodem ao impacto, o que as torna perigosas mesmo depois dos conflitos terem terminado. Estou preocupado/a com a posição adoptada pelo seu governo , uma vez que ela pode comprometer os esforços internacionais de negociar um tratado forte e que proteja os civis dos efeitos letais das bombas de fragmentação.
Escrevo para apelar ao seu governo que negoceie e adopte um tratado que elimine as bombas de fragmentação sem excepções, atrasos ou omissões e que dêem a assistência necessária às vitimas e comunidades afectadas. Por favor não desperdice esta oportunidade de eliminar as bombas de fragmentação e de fazer história em Dublin.
 


Petição “Handicap International”


No mesmo site pode assinar a petição da Handicap International que apela à eliminação das Bombas de Fragmentação. Poderá consultar directamente esta petição em: http://www.stopclustermunitions.org/the-solution/the-treaty/?id=84.
 

Ao assinar a petição está a pedir aos governos que:

- Apoiem a eliminação das bombas de fragmentação, sem excepções, atrasos ou omissões e que participem no processo de Oslo, que negoceia a adopção de um Tratado que garanta que seja banido o uso, produção, armazenamento e transferência de Bombas de Fragmentação até ao final 2008;

- Renunciem as Bombas de fragmentação ao assinarem e ratificarem o Tratado em Oslo, entre 2 e 3 de Dezembro de 2008;

- Mobilizem os meios necessários para dar assistência às comunidades afectadas pelas Bombas de Fragmentação, incluindo a limpeza de terras contaminadas e providenciando assistência às vitimas.