Home PageMapa do SiteImprimir
 
Acabar com a violência sobre as mulheres

Imprimir
quarta, 24 março 2010 00:00

A violência doméstica não pode ser um segredo  

altEsta é a assinatura da campanha de sensibilização conjunta entre a Amnistia Internacional - Portugal e a women’secret contra a violência doméstica sobre as Mulheres.

Fale, Partilhe, Denuncie. Diminua este sofrimento e contribua para a sua erradicação.
Exija respeito pelos seus Direitos Humanos.
 

Lisboa, 25 de Março de 2010 – A Amnistia Internacional - Portugal, em parceria com a women’secret, apresenta a Campanha “A violência doméstica não pode ser um segredo” que visa dar voz a cada mulher afectada por este tipo de violência em Portugal, assim como sensibilizar a população e a sociedade. Para tal foi criada uma colecção de roupa assinada pelo ilustrador André Letria, que se encontra à venda nas lojas da marca e cujas receitas revertem inteiramente para a Amnistia Internacional - Portugal.

Nos últimos anos, a violência sobre as mulheres tem sido um dos temas fulcrais do trabalho da Amnistia Internacional - Portugal. A women’secret, como marca socialmente responsável e solidária, propõe-se agora a participare apoiar esta causa. Numa iniciativa conjunta, que visa acabar com o silêncio, promover a denúncia e terminar com as situações de sofrimento silencioso, as duas entidades lançam uma colecção-chave, muito feminina e sem segredos.

A Campanha “A violência doméstica não pode ser um segredo”
Estão previstas diversas iniciativasde divulgação, tendo já sido realizadas duas acções de formação (Lisboa e Porto) junto dos colaboradores da women’secret, para um melhor entendimento da forma deactuação da Amnistia Internacional - Portugalem prol dos Direitos Humanos e em especial no que diz respeito à violência doméstica. Para assinalar o arranque da Campanha, a Amnistia Internacional organiza, juntamente com a sua rede de voluntários, uma acção de sensibilização sobre o tema nas principais ruas de Lisboa.

A Colecção solidária
Disponível em todas as lojas women’secret a partir de hoje, a colecção que reverte a favor da Campanha “A violência doméstica não pode ser um segredo”, integra duas t‑shirts criadas pelo ilustrador André Letria, uma t-shirt desenvolvida pela agência de publicidade McCann Erickson e ainda dois calções para combinar nesta Prim-Ver’2010.

A Violência Doméstica em Portugal
Segundo a Direcção Geral da Administração Interna os números são preocupantes e só um trabalho de educação e sensibilizaçãopode mudar consciências. No primeiro semestre de 2009 foram apresentadas, junto das autoridades portuguesas,14.600 queixas de violência doméstica, que representa uma média de 81 queixas diárias. Embora nem toda a violência doméstica seja exercida sobre as mulheres, estas representam 85% das vítimas e é esta a situação que a Amnistia Internacional - Portugal e women’secret gostariam de ver alterada.

Os Parceiros
A Amnistia Internacional - Portugal contou com o apoio de inúmeros parceiros para a realização desta campanha, nomeadamente: André Letria, pela criação das ilustrações das t-shirts; Fernanda Freitas, José Neves e Sofia Aparício, três figuras públicas convidadas para apoiar e dar visibilidade a esta acção e tema; McCann Erickson, pela imagem gráfica em loja e toda a campanha de publicidade - que inclui um spot de rádio, mupis e anúncios de imprensa; MK2 - Soluções para DJs e Produtores, pela cedência do espaço de apresentação e lançamento desta campanha, entre outros.

Acompanhe as novidades da Campanha “A Violência Doméstica não pode ser um Segredo” através do blogue http://violenciadomesticanaopodeserumsegred.blogspot.com

Sobre a women’secret
A women’secret é uma marca do Grupo Cortefiel que dá resposta às diferentes formas de ser, pensar e viver da mulher actual. A criatividade faz parte da essência da marca. De facto, a women'secret tem conseguido criar um vínculo de cumplicidade com as mulheres, através da capacidade que tem demonstrado em transmitir, através das suas peças, as sensações, os sentimentos e a necessidade das mulheres se sentirem atraentes e seguras de si mesmas. www.womensecret.com

Sobre o ilustrador André Letria  
André Letria nasceu em 1973, em Lisboa. Frequentou o curso de Pintura da Faculdade de Belas-Artes de Lisboa e trabalha como ilustrador desde 1992, ilustrando regularmente livros para crianças e colaborando com diversas publicações periódicas. Ganhou, em 2000, o Prémio Nacional de Ilustração com o livro “Versos de fazer ó-ó” e o Prémio Gulbenkian, em 2004, com o livro “Se eu fosse muito magrinho”. Recebeu em 2001 o Award of Excellence for Illustration, atribuído pela Society for News Design (EUA) a uma ilustração publicada no suplemento “Mil Folhas”, do jornal Público. Participou em exposições na área da ilustração infantil, como a Bienal de Bratislava, em 1995 e 2005; Bolonha, em 2002; Sarmede, em 1999; e Ilustrarte, em 2003, 2005 e 2009. Trabalhou também como cenógrafo para a Companhia Teatral do Chiado entre 2000e 2005.

Sobre a McCann Erickson
A McCann Erickson, enquanto agência de publicidade presente em mais de 150 países espalhados por 5 continentes, e especificamente em Portugal, tem na sua extensa carteira de clientes, um conjunto de Organizações Não Governamentais de sem fins lucrativos com quem estabelece laços estreitos de cooperação. Esta cooperação assenta na oferta do seu produto final – as ideias - em prol da defesa de causas importantes para a Sociedade e o seu desenvolvimento. Fá-lo com o objectivo de poder ter um papel interventivo no Mundo através daquilo em que verdadeiramente acredita: a Eficácia da Criatividade. Na elaboração desta campanha para a Amnistia Internacional sob o tema da Violência Doméstica, estiveram envolvidos os criativos Susana Lourenço, Paulo Filipe, Rita Andrade que contaram com a Direcção Criativa de Frederick Fannon. www.mccann.pt