Home PageMapa do SiteImprimir

Imprimir
terça, 17 setembro 2013 09:34

Amnistia Internacional dá as boas-vindas a dois novos Embaixadores de Consciência

Malala Yousafzai, ativista paquistanesa de 16 anos que luta pelo direito à educação das raparigas no Paquistão, e Harry Belafonte, cantor norte-americano e ativista pela justiça social, são os dois novos Embaixadores de Consciência da Amnistia Internacional.

No passado, a Amnistia Internacional entregou o galardão de Embaixador de Consciência, uma das mais prestigiadas distinções internacionais na área dos direitos humanos, a figuras como Nelson Mandela e Aung San Suu Kyi.

“Os nossos dois novos Embaixadores de Consciência são diferentes de várias formas, mas partilham a dedicação pela luta a favor dos direitos humanos para todos”, comenta Salil Shetty, Secretário-geral da Amnistia Internacional. “O Harry e a Malala são verdadeiros Embaixadores de Consciência, falam em nome dos direitos universais, da justiça e da dignidade humana, inspirando outros a seguir o seu exemplo”.

Malala Yousafzai e Harry Belafonte vão receber o galardão esta terça-feira, 17 de setembro, numa cerimónia que terá lugar em Dublin e que irá juntar a arte e a música, com atuações de vários artistas de renome.

O galardão de Embaixador de Consciência da Amnistia internacional foi inspirado no poema “República da Consciência”, escrito especialmente para a organização em 1985 pelo poeta irlandês e Prémio Nobel da literatura, Seamus Heaney, que faleceu recentemente a 30 de agosto.

Conheça aqui todos os Embaixadores de Consciência da Amnistia Internacional.