Home PageMapa do SiteImprimir

Imprimir
terça, 19 abril 2016 14:19

IndieLisboa regressa aos ecrãs afinado e de novo com prémio especial da Amnistia Internacional

São quatro longas e oito curtas que este ano, na 13ª edição do festival de cinema independente IndieLisboa, estão a concurso para o galardão especial atribuído pela Amnistia Internacional.

O festival de cinema independente de Lisboa, de enorme reconhecimento internacional, volta a dar cartas após a reformulação e afinação do modelo lançado no ano passado, e leva aos ecrãs novo vasto programa de filmes entre esta quarta-feira, 20 de abril, e 1 de maio.

No prémio especial atribuído pela organização de direitos humanos estão a concurso 12 filmes – quatro longas e oito curtas –, de onde sairá o vencedor escolhido pelo júri, formado este ano pela atriz e encenadora Susana Arrais, pelo jornalista Tiago Carrasco e por Paulo Pinto, secretário da Direção da Amnistia Internacional Portugal.

São eles: nas longas – "Bienvenue à Madagascar/Welcome to Madagascar" (de Prenant Franssou, doc. 2015), "A Ilha dos Ausentes/The Island of the Absents" (José Vieira, doc. 2016), "Treblinka" (Sérgio Tréfaut, fic. 2016) e "Flotel Europa" (Vladimir Tomić, doc. 2015); nas curtas – "Balada de um Batráquio/Batrachian’s Ballad" (Leonor Teles, doc. 2016), "La Impresión de una guerra/Impression of a war" (Camilo Restrepo, doc. 2015), "Nos champs/Our fields" (Baptiste Ribrault, doc. 2015), "Le park/The park" (Randa Maroufi, fic. 2015), "Tout le monde aime le bord de la mer/We all love the seashore" (Keina Espiñeira, doc. 2015), "The reflection of power" (Mihai Grécu, anim. 2015), "Non-contractuel/Non-contractual" (Paul Heintz, doc. 2015) e "Elle pis son char/A woman and her car" (Loïc Darses, doc. 2015).

O patrocinador do prémio da Amnistia Internacional no IndieLisboa, no valor de 1.500€, é a Fundação Serra Henriques.

Este galardão, fruto da parceria entre a Amnistia Internacional e o IndieLisboa, é atribuído desde 2005 e visa distinguir filmes que contribuem para alargar a compreensão dos espectadores sobre as várias dimensões da dignidade humana.

As sessões de cinema do IndieLisboa 2016, com centenas de filmes, vão estar nas salas do Cinema São Jorge, da Culturgest, do Cinema Ideal e da Cinemateca Portuguesa/Museu do Cinema. Ao programa somam-se debates, mostras e instalações, e ainda atividades do IndieJúnior e as festas do IndieByNight.