Home PageMapa do SiteImprimir

"Find Fix Finish” vence prémio AI no festival de cinema IndieLisboa

FindFixFinishO documentário experimental “Find Fix Finish”, de Mila Zhluktenko, Sylvain Cruiziat (Alemanha), foi o vencedor do prémio Amnistia Internacional na 14ª edição do festival de cinema independente IndieLisboa.

Feita a partir de testemunhos, esta curta-metragem dá-nos a perspetiva “divina” de um drone, onde as vozes dos seus operadores militares falam-nos da intimidade que sentem com os seus alvos.

O júri, formado pelas jornalistas Fernanda Câncio e Joana Gorjão Henriques, e Filipa Santos, vice-presidente da AI Portugal, não foi indiferente às questões lançadas pelo filme: “Sabemos o que são drones. Sabemos que são usados para perseguir, vigiar, matar. Sabemos que alguém os opera. Não há nada de novo nisto mas "Find Fix Finish" consegue, com extrema beleza formal, colocar-nos numa nova perspectiva: a de estarmos ao mesmo tempo no lugar de quem vê, vigia e executa – ou seja, mata – e no de quem é visto, vigiado e executado.”

Este prémio resulta da parceria entre a Amnistia Internacional e o IndieLisboa, é atribuído desde 2005, e visa distinguir filmes que contribuam para alargar a compreensão dos espectadores sobre determinado aspecto da dignidade humana. O patrocinador do prémio da Amnistia Internacional, no valor de 1.500€, é a Fundação Serra Henriques. 

 
 

ban door2door